Categoria: Notícias

Leia Mais

Cooperativas de olho na geração de energia solar

Pagar mais alto pelo custo da energia pode não ser mais a sua realidade. É por isso que muitas pessoas estão buscando alternativas para conseguir economizar, e também não agredir ao meio ambiente. E uma dessas alternativas é a geração de energia solar.

Essa é com certeza uma das alternativas mais acessíveis em relação às economias. Sem contar que é uma energia limpa e renovável. Por isso, muitos estão optando por essa escolha mais sustentável. E as cooperativas são uma delas.

Ainda conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, estima-se que a geração de energia solar vai crescer a cada ano e deve chegar a 1,2 milhão de unidades consumidoras no Brasil até o ano de 2024. Ou seja, essa é uma realidade e alternativa sustentável que veio pra ficar.

Cresce o número de cooperativas de olho na geração de energia solar

As cooperativas são associações de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática. Um exemplo de um banco que funciona como cooperativa é o Sicredi. E o ato de cooperar também se voltou para a geração de energia solar.

Muitas pessoas, e até empresas tem se unido com o objetivo de criar cooperativas para poder usufruir dos benefícios da energia solar. Sendo assim, quando for criar uma cooperativa é necessário reunir um grupo de pessoas ou três empresas e identificar o consumo atual de cada um.

Em decorrência do aumento da energia solar e dos futuros aumentos da conta de energia elétrica, as cooperativas de energia solar tem crescido. Mas afinal o que é uma cooperativa de energia solar? Essa modalidade reuni vários consumidores para a instalação de um sistema solar fotovoltaico.

Neste sentido, as cooperativas e os consumidores passaram a contar com mais uma forma de gerar a própria energia solar fotovoltaica e usufruir dos créditos. Logo, com o surgimento de cooperativas é visível o aumento da quantidade de consumidores que passaram a produzir e injetar energia solar.

Verifica-se que isso seja uma tendência e acredita-se que as cooperativas para geração de energia renovável contribuem para esse crescimento! Por isso, é que as cooperativas já existentes possam ampliar as suas atividades, agregando a geração de energia renovável no seu portfólio de trabalho.

Aumento da energia elétrica? Há soluções!

Não há mais desculpas para reclamar do aumento da energia elétrica. Para quem busca alternativas para economizar, sem agredir ao meio ambiente a energia solar é uma ótima opção. Essa é uma maneira mais acessível para enfrentar o aumento sucessivos da conta de luz

Porém, a boa notícia é que a implantação de usinas fotovoltaicas vem ficando mais acessível nos últimos anos, porque a sua tecnologia baixou 30%. Um exemplo que é nos últimos anos a energia elétrica subiu uns 80% para o setor industrial e residencial. Realmente um custo elevado a cada mês.

E como fazer para criar uma cooperativa para buscar energia solar? Primeiro, convide ou converse com um grupo de 3 a 5 pessoas que tenham interesse no sistema. Posteriormente, indica-se procurar uma empresa especializada na instalação de energia solar para que possa fazer uma avaliação para encontrar a melhor e mais viável alternativa econômica para cada caso.

Após essa visita técnica, e quando os cooperados chegarem ao acordo é realizado a instalação completa do sistema fotovoltaico. Também é informado a concessionária de energia de sua cidade sobre a divisão da energia gerada entre os consumidores.

Sobre as cooperativas elas podem ser também de um grupo de empresários. Recentemente, em outubro em Minas Gerais houve uma reunião abordando este assunto. Sobre as cooperativas e energia solar.

Para abordar esse assunto e para falar das possibilidades, a iniciativa foi do Sistema Ocemg, formado pelo Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg).

Logo, a reunião contou com empresários interessados em reduzir os custos com a energia. Isso possibilitou que empresários tirassem as suas dúvidas de como funciona um sistema de cooperativa e energia solar.

E além de unir a busca por cooperativas para buscar formas de viabilizar a instalação de energia solar nas residências ou estabelecimentos é possível também contar com os financiamentos que são disponibilizados por muitos bancos. Entre eles estão:

  • Financiamento energia solar Santander;
  • Financiamento energia solar Banco do Brasil;
  • Financiamento energia solar Bndes;
  • Financiamento do governo para energia solar;
  • Construcard – financiamento Energia solar;
  • Financiamento energia solar Bradesco;
  • Financiamento energia solar Itau;
  • Financiamento energia solar Sicredi;
  • Financiamento energia solar BV Financeira;

Há muitas vantagens em optar pela energia solar. Enumeramos algumas:

  • A energia solar é renovável. Isso quer dizer que o calor do sol ainda permanecerá ativo durante alguns bilhões de ano;
  • É uma forma limpa de produzir energia;
  • Não são necessárias grandes áreas ou desmatamento para a sua instalação;
  • Baixa necessidade de manutenção;

Já sabemos que a implantação de sistemas de geração de energia solar permitirá aos consumidores reduzirem gastos com a conta de luz, além de ser um investimento para empresas de todos os tamanhos e segmentos. Um sistema fotovoltaico dura mais de 25 anos e, na verdade, não há prazo máximo de duração estabelecido.

Não fique se preocupando com o aumento da conta de luz. Invista no sistema de energia solar. Além de diminuir os custos, vai valorizar o seu imóvel.

Para saber mais sobre projetos de energias sustentáveis e possibilidades de linhas de financiamento não deixe de nos escrever.

Assim, os serviços financeiros têm como base incentivar o uso de energia solar no país e contribuir com seus clientes.

Por todos esses motivos, vale a pena você pensar em investir em energia solar em sua empresa.

Para te ajudar ainda mais, nos escreva que entramos em contato com você para sanar as suas dúvidas.

Gostou deste texto? Compartilhe e deixe a sua opinião.

Referência: https://www.ambienteenergia.com.br/

Leia Mais

Brasil está entre os maiores países geradores de energia solar fotovoltaica

E o Brasil assim como outros países está se destacando quando o assunto é energia solar. É que o país está crescendo no ramo das fontes de energias renováveis. Ainda no início do ano esse era um desejo que não tinha sido alcançado, mas que recentemente foi.

Conforme um estudo realizado pela consultoria Bloomberg New Energy Financee a energia solar deve crescer 32% até 2040 no Brasil. Estes resultados são decorrentes tanto de avanços quanto resultado da inauguração de grandes usinas fotovoltaicas e também do crescente número de consumidores que tem aderido ao novo sistema.

Leia a matéria completa onde trazemos um esboço dos países líderes em energia solar, o porquê de investir em energia solar e como fazer essa transição com a ajuda de uma empresa confiável.

Países líderes que mais investem em energia solar

O Brasil pode até estar entre os 30 países que mais investem em energia solar, mas para ganhar mais destaque precisa investir muito mais. E, em primeiro lugar como o país que mais investe em energia solar está a China. O país é o maior investidor do mundo no setor de energias renováveis.

Em 2017 a China anunciou um investimento de US$ 360 bilhões em energia alternativa até o ano de 2020. E na vice-liderança querendo atingir o topo da lista estão os Estados Unidos. Recentemente o congresso do EUA aprovou a extensão dos subsídios federais para energias renováveis até 2020.

Já em terceiro lugar está o Japão. Entre os objetivos propostos para estar como referência na produção de energias renováveis, em 2017 o Ministério do Meio Ambiente do Japão colocou como meta a baixa emissão de carbono represente mais de 90% do total da energia elétrica usada no país até 2050.

E quando se fala em líder em eólicos off-shore, o destaque vai para o Reino Unido. O objetivo do país é chegar até 2020 com pelo menos 15% de sua demanda energética abastecida por energias renováveis.

De forma resumida temos atualmente as seguintes posições

  • A China com 131 GW;
  • Estados Unidos com 51 GW.
  • Isso colocou o Brasil entre as 30 primeiras posições.

Sendo assim, a energia fotovoltaica é a que melhor se adapta, pela facilidade de instalação em áreas que recebem irradiação solar. Em números, em 2017, o Brasil totalizou 1,1 GW de potência de sistemas geradores fotovoltaicos, sendo um dos 10 países que mais cresceram no ano. Em agosto de 2018 a geração distribuída teve um aumento de 94% em relação a 2017.

Isso represente muita coisa!

Por que mudar para energia fotovoltaica?

Vários motivos explicam esse aumento e a procura pela energia fotovoltaica. Um deles é o sucessivo aumento da conta de luz que a cada ano tem pesado consideravelmente no bolso do consumidor, e outro fator é que a implantação do sistema de energia solar caiu aproximadamente 50%.

Por isso, o momento ideal para instalar energia solar em sua residência ou comércio é agora. Tanto é que, instalando um sistema de energia fotovoltaica você estará contribuindo para um futuro melhor.

Quem sabe em um futuro próximo é possível transformarmos essa realidade e termos um futuro com 100% de energia renovável? E se você optar por esse sistema, decidindo hoje e conversando com a empresa, a instalação também é muito rápida. Em 2 a 3 dias você terá seu sistema instalado com mínima interferência na rotina da sua residência ou empresa.

Muitos consumidores tem pensado da seguinte forma: postergar a troca do carro ou da TV e instalar os painéis, que vão durar 25 anos e assim obter economia na conta de luz. Para quem tomou a decisão, garante que vale a pena.

A sensação de estar gerando a própria energia é muito boa, e também saber que está contribuindo com uma energia renovável, ao contrário das hidrelétricas que têm enorme impacto social e ambiental.

Investimento de energia fotovoltaica no Brasil

O preço do investimento caiu e atualmente está na faixa de R$ 20 mil, dependendo da residência e comércio. E com as linhas de crédito e financiamento, muitos consumidores tem procurado investir em energia fotovoltaica no Brasil.

Por mais que de início este possa ser um investimento considerado alto, em alguns anos ele será pago. Fora isso, a diminuição da conta de luz que em alguns meses já pode chegar a 95%.

Um exemplo, uma família que costuma pagar uma conta de luz mensal de R$ 300 teria o retorno do investimento em mais ou menos 5 anos. Só que isso depende muito do consumo de energia de cada família, e da região, se ela é mais ou menos nublada, o que interfere na produção de eletricidade.

Porém, é notável como os governos e as empresas privadas estão cada vez investindo em energias renováveis. Mesmo o Brasil configurando a lista dos 30 países que mais gera energia solar fotovoltaica, ainda há muito para investir. Por isso, a perspectiva para os próximos anos é de aumento a cada ano.

Mesmo que representa uma economia em sua conta de luz no final do mês, procurar instalar energia solar e aproveitar a potência que o sol proporciona, é também uma forma de impactar menos o planeta e obter redução de custos, além de diminuir a dependência de combustível fóssil que mais poluente e esgotável.

Dificilmente você vai ouvir alguém falar que se arrependeu de instalar um sistema de energia solar. Se você tem dúvidas de como fazer a escolha por uma empresa de energia solar, entre em contato conosco que iremos lhe trazer informações relevantes.

Não fique se preocupando com o aumento da conta de luz. Invista no sistema de energia solar. Além de diminuir os custos, vai valorizar o seu imóvel.

Para saber mais sobre projetos de energias sustentáveis e possibilidades de linhas de financiamento não deixe de escrever. Gostou e quer receber em primeira mão mais conteúdos como esse? Cadastre-se em nossa newsletter!

E você? Já pensou em instalar um sistema fotovoltaico em sua empresa ou em casa? Ainda tem dúvidas sobre a liberdade que representa você instalar energia solar? Então não espere e entre em contato com o atendimento Suntech Energia Solar.

Leia Mais

Estudo Mostra como a Energia Solar pode reduzir o uso de usinas termelétricas

E os estudos mostrando que a energia solar pode ser um investimento importante vem se comprovando a cada ano. O mais recente foi realizado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR).

Através da pesquisa realizada, foi apontado que a energia solar representa uma oportunidade de redução dos custos de energia para os consumidores a contratação de usinas solares fotovoltaicas nos leilões das Distribuidoras.

Energia solar como opção para usinas termelétricas

O que isso quer dizer? De acordo com o estudo da ABSOLAR é estimado que os consumidores poderiam ser beneficiados com uma redução de custos entre R$ 2 e 7 bilhões, em menos de 5 anos. É muita coisa não acham?

Sem contar que essa ação também evitaria a liberação de entre 15,4 e 17,9 milhões de toneladas de CO2 na atmosfera no mesmo período, contribuindo para o cumprimento dos compromissos brasileiros de redução de emissões de gases de efeito estufa.

Conforme o presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, Ronaldo Koloszuk, é preciso uma conversa mais aprofundada, principalmente pela proposta divulgada pelo Ministério de Minas e Energia de contratar novas termelétricas fósseis a gás natural para o atendimento da região Nordeste.

“Porque trocar termelétricas antigas por outras termelétricas, quando poderíamos estar substituindo as termelétricas fósseis por usinas baseadas em renováveis, a preços menores? Temos um imenso potencial renovável subutilizado e que reduziria não apenas os custos financeiros, mas também os custos ambientais, de poluição e de gases de efeito estufa, de uma maneira muito mais efetiva e contundente. Outros países do mundo já começam a contratar renováveis com armazenamento para fins de segurança energética, com preços competitivos e sem emissões de gases de efeito estufa”, falou Koloszuk.

Termelétricas: são caras e prejudicam o meio ambiente

Os custos não são apenas para o bolso do consumidor. É fato que a energia produzida pelas termelétricas ajuda a distribuir luz, mas os donos ao ambiente são inúmeros.

Mesmo que elas representam o abastecimento de muitos consumidores, as usinas termoelétricas causam muitos danos ao ambiente e ao país. O resultado é o aumento na produção de CO2, gás responsável pelo aquecimento global, além da poluição do ar, aumento o risco de doenças respiratórias.

É fato que os brasileiros estão pagando mais cara pela energia elétrica devido a bandeira tarifária vermelhada que foi acionada para compensar os custos do acionamento de termoelétricas. Isso em decorrência de menos água nos reservatórios das hidrelétricas, a produção de energia por meio da queima de combustíveis. Por isso, a energia termelétrica se mantêm a todo favor desde 2002.

E quando o país estabeleceu por meses consecutivos, a “bandeira tarifária vermelha nível 2”, quem paga a conta é o consumidor. Mesmo sabendo que as termelétricas mais caras do País foram reativadas nos últimos anos, só que foram acionadas este ano para evitar um novo apagão. Logo, os consumidores brasileiros terão de pagar uma conta extra.

Essa desativação ocorreu como uma medida de segurança de suprimento, por conta da severa crise hídrica que diminuiu a capacidade de geração de energia elétrica das hidrelétricas, especialmente na região Nordeste.

Por isso, é que muitos especialistas ressaltam que é necessário aumentar o investimento na geração de energia renovável, e uma delas é a energia solar justamente porque não geram poluição no seu processo, e são consideradas uma forma limpa de produção, com baixo custo de manutenção, e não exigem grande espaço para a instalação.

Energia Solar começa a crescer no Brasil

Se o Brasil é um dos lugares mais abençoados com a incidência de raios solares, o que falta para o seu crescimento? Mas aos poucos a energia solar vai se consolidando no país. Principalmente nos últimos anos é possível notar este crescimento. Seja uma saída do consumidor em reduzir a conta de energia elétrica, ou a possibilidade de gerar a sua própria energia.

O financiamento dos bancos tem ajudado muitos consumidores, pois estes tem liberado linhas de crédito que facilitam a negociação. E quem também sentiu este crescimento foi a fabricante de equipamentos elétricos WEG de Santa Catarina. Devido a procura a empresa quer levar novos investimentos para países vizinhos como a Argentina.

Entre as vantagens do sistema solar estão:

  • A energia solar é renovável. Isso quer dizer que o calor do sol ainda permanecerá ativo durante alguns bilhões de ano;
  • É uma forma limpa de produzir energia;
  • Não são necessárias grandes áreas ou desmatamento para a sua instalação;
  • Baixa necessidade de manutenção;

Quer gerar energia solar? Contrate uma empresa segura

Assim como qualquer escolha que impacta em sua vida, a decisão precisa ser tomada com cautela. E quando se fala em energia solar a escolha da empresa precisa ser levada considerando alguns critérios.

Veja como exemplo a Suntech, empresa de energia solar que vem se destacando na região do Ceará por um trabalho de qualidade e profissionais capacitados.

Especialidade em energia solar: Entre todas as fontes de energia renováveis existentes, a Suntech é especializada na geração de energia solar fotovoltaica;

Portfolio de instalação: tem experiência comprovada através dos vários projetos realizados;

Atendimento personalizado: são vários canais de atendimento ao cliente, com site com todas as informações da empresa e rápida no atendimento de suas demandas;

Equipe altamente treinada: Conta com uma equipe de engenheiros, técnicos e instaladores altamente treinados;

Tem sede própria com toda a estrutura: com o aquecimento do mercado, muitas “empresas” de energia solar têm surgido na forma home offices, ou seja, dificulta o atendimento aos clientes e até mesmo manterem em ordem os equipamentos.

A Suntech possui uma sede física, própria, onde você encontra toda a estrutura para lhe explicar melhor como funciona o sistema de geração de energia e atender todas as demandas dos clientes.

Não fique se preocupando com o aumento da conta de luz. Invista no sistema de energia solar. Além de diminuir os custos, vai valorizar o seu imóvel.

Para saber mais sobre projetos de energias sustentáveis e possibilidades de linhas de financiamento não deixe de  escrever. Gostou e quer receber em primeira mão mais conteúdos como esse? Cadastre-se em nossa newsletter!

Referência

latec

Leia Mais

A Maturidade das Fontes Renováveis

Quando se fala em fontes renováveis contemplamos aquelas que utilizam-se de recursos não esgotáveis, como o sol, vento. E no Brasil a energia solar e eólica começaram a se desenvolver por meio de incentivos, vindos do governo e de financiamento de bancos.

Nos últimos anos cresceu consideravelmente o número de pessoas, famílias que buscou informações a respeito da energia solar no Brasil. Segundo dados da Aneel, o número de microgeradores de energia solar cresceu 407% em relação ao ano anterior. Nas residências é que foi possível notar ainda mais este crescimento.

Energia solar cresce no Brasil

Especialmente no que se refere ao Brasil em que se pode aproveitar o potencial da fonte, já que o país se destaca por essa fonte inesgotável de energia barata e limpa, é que muitas pessoas tem se aproveitado do momento atual. É por isso, que a energia solar pode agregar valor para às economias nacionais, regionais e locais.

Inclusive uma pesquisa do Ibope Inteligência de 2018, mostrou que nove em cada 10 brasileiros querem gerar a sua própria energia na casa.

E este avanço no mercado brasileiro da energia fotovoltaica é resultado tanto da inauguração de grandes usinas fotovoltaicas, quanto da adesão de consumidores individuais ao novo sistema, claro, aliado ao financiamentos voltados para essa área o que contribuiu para a sua expansão.

Logo, essas novas fontes renováveis ajudam a contribuir para o desenvolvimento sustentável da matriz elétrica brasileira. Quem implanta o sistema solar em sua residência, pode acabar conseguindo economizar então até 95% na conta de energia elétrica.

Energia solar: uma energia madura

Era muito comum ouvir falar que a instalação de sistemas de energia solar fotovoltaica no Brasil é cara, quando ainda não se encontrava formas de obtê-la.

Fala-se em maturidade das fontes renováveis, como é o caso da energia solar, porque anos atrás ela era ainda uma novidade para os brasileiros, que tinham as suas dúvidas a respeito do sistema.

E isso é bem comum de acontecer. Ocorre com qualquer nova tecnologia. Aconteceu com o computador, celular, internet. Assim como estes objetos eram considerados artigos de luxo, hoje fazem parte do cotidiano de grande parte da população.

O mesmo vai ocorrer com a energia solar que vem mostrando a cada ano que é uma fonte renovável madura.

Califórnia: exemplo de maturidade

Em 2018 a Califórnia se tornou o primeiro Estado dos EUA a exigir painéis solares em casas. A Califórnia é considerada a quinta maior economia do planeta.

A ideia é que a partir de 2010 todas as novas residências construídas deverão produzir energia renovável em seus telhados a partir do sol. Só que isso não é algo tão inatingível. Até porque no final de 2017, havia alcançado cerca de 30%, segundo a CEC (Comissão de Energia da Califórnia).

Espera-se que a partir de 2045, toda a eletricidade consumida na região deverá ser proveniente de fontes não-emissoras de gases de efeito estufa, principalmente das renováveis, como a solar fotovoltaica.

Se a Califórnia é exemplo de maturidade quando se fala em energia solar, aqui no Brasil o Estado que vem se destacando é o Ceará. Inclusive há estudos que comprovam que o Ceará tem o melhor índice solar do Brasil e do mundo, principalmente no sertão.

Por isso, para moradores dessa região, o momento atual é oportuno para investir em energia solar. Se antes haviam dúvidas sobre o sistema, hoje é possível notar que países de primeiro mundo caminham nessa direção.

Inclusive estudos vem mostrando o quanto de potencial, países como Brasil possuem quando se fala em energia solar. A pesquisa do The Boston Consulting Group (BCG) mostrou o estudo Geração de Energia Solar Descentralizada – Cenários e implicações para o setor no Brasil.

É por isso que surgem novas empresas e modelos de negócios no Brasil, tudo isso mostrando que o país tem todo o potencial para gerar energia solar. 

Porque investir em energia solar

Implantar um sistema de energia solar em sua residência representa inúmeros benefícios. Tanto econômicas, quanto ambientais. Ainda é possível ver e observar, que nas residências é que se encontra grande parte de todos os sistemas fotovoltaicos brasileiros instalados no Brasil. Isso representa atualmente cerca de 84%. Eles ficam nos telhados das casas desses proprietários.

Mas muitas empresas também estão buscando prover destes benefícios. E quanto maior a empresa, mais benefícios. Quase todo o custo nas contas de energia elétrica é certamente a principal vantagem para todos os consumidores que adquirem um sistema de energia solar no Brasil.

Essa busca pela energia solar, também se deve ao custo crescente nas tarifas de energia e a queda de custo da energia solar no Brasil. E, justificado pelo número de financiamentos que aumentou consideravelmente para essa área.

Hoje é possível a aquisição de um sistema residencial, e conseguir se pagar em uma média entre 4 a 6 anos. Isso porque a economia na conta de luz pode chegar a 95%. E no Brasil, essa busca por fontes renováveis tem aumentado. Tanto é que se a projeção se concretizar, logo em 2020 o Brasil terá cerca de 174 mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede instalados.

Fora a economia, a preocupação com a sustentabilidade, outro ponto é a geração de emprego que ela permite. Muitos empregos tem surgido com o crescimento da energia solar no país, e isso vai acabar gerando mais empregos ainda.

Claro que há muito para ser melhorado. Mas quem tinha dúvida, hoje tem a certeza de que é um investimento que vale a pena. E quem já o possui, garante isso.

Se você já ouviu falar tão bem, convidamos você a analisar essa excelente oportunidade de negócios que vai trazer inúmeras vantagens a sua vida.

A Suntech chegou em Fortaleza para trazer mais economia e vantagens aos consumidores da região. A dúvida sobre o investimento médio necessário para ter energia solar fotovoltaica varia de acordo com o seu consumo.

Então, não perca mais tempo, clique em Solicitar Orçamento, envie seus dados, que no mais breve tempo, você irá receber um telefonema da equipe de atendimento Suntech Energia Solar.

Referência

Estadão

Abrir CHAT
Precisa de Ajuda?