Pagar mais alto pelo custo da energia pode não ser mais a sua realidade. É por isso que muitas pessoas estão buscando alternativas para conseguir economizar, e também não agredir ao meio ambiente. E uma dessas alternativas é a geração de energia solar.

Essa é com certeza uma das alternativas mais acessíveis em relação às economias. Sem contar que é uma energia limpa e renovável. Por isso, muitos estão optando por essa escolha mais sustentável. E as cooperativas são uma delas.

Ainda conforme a Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel, estima-se que a geração de energia solar vai crescer a cada ano e deve chegar a 1,2 milhão de unidades consumidoras no Brasil até o ano de 2024. Ou seja, essa é uma realidade e alternativa sustentável que veio pra ficar.

Cresce o número de cooperativas de olho na geração de energia solar

As cooperativas são associações de pessoas com interesses comuns, economicamente organizada de forma democrática. Um exemplo de um banco que funciona como cooperativa é o Sicredi. E o ato de cooperar também se voltou para a geração de energia solar.

Muitas pessoas, e até empresas tem se unido com o objetivo de criar cooperativas para poder usufruir dos benefícios da energia solar. Sendo assim, quando for criar uma cooperativa é necessário reunir um grupo de pessoas ou três empresas e identificar o consumo atual de cada um.

Em decorrência do aumento da energia solar e dos futuros aumentos da conta de energia elétrica, as cooperativas de energia solar tem crescido. Mas afinal o que é uma cooperativa de energia solar? Essa modalidade reuni vários consumidores para a instalação de um sistema solar fotovoltaico.

Neste sentido, as cooperativas e os consumidores passaram a contar com mais uma forma de gerar a própria energia solar fotovoltaica e usufruir dos créditos. Logo, com o surgimento de cooperativas é visível o aumento da quantidade de consumidores que passaram a produzir e injetar energia solar.

Verifica-se que isso seja uma tendência e acredita-se que as cooperativas para geração de energia renovável contribuem para esse crescimento! Por isso, é que as cooperativas já existentes possam ampliar as suas atividades, agregando a geração de energia renovável no seu portfólio de trabalho.

Aumento da energia elétrica? Há soluções!

Não há mais desculpas para reclamar do aumento da energia elétrica. Para quem busca alternativas para economizar, sem agredir ao meio ambiente a energia solar é uma ótima opção. Essa é uma maneira mais acessível para enfrentar o aumento sucessivos da conta de luz

Porém, a boa notícia é que a implantação de usinas fotovoltaicas vem ficando mais acessível nos últimos anos, porque a sua tecnologia baixou 30%. Um exemplo que é nos últimos anos a energia elétrica subiu uns 80% para o setor industrial e residencial. Realmente um custo elevado a cada mês.

E como fazer para criar uma cooperativa para buscar energia solar? Primeiro, convide ou converse com um grupo de 3 a 5 pessoas que tenham interesse no sistema. Posteriormente, indica-se procurar uma empresa especializada na instalação de energia solar para que possa fazer uma avaliação para encontrar a melhor e mais viável alternativa econômica para cada caso.

Após essa visita técnica, e quando os cooperados chegarem ao acordo é realizado a instalação completa do sistema fotovoltaico. Também é informado a concessionária de energia de sua cidade sobre a divisão da energia gerada entre os consumidor.

Sobre as cooperativas elas podem ser também de um grupo de empresários. Recentemente, em outubro em Minas Gerais houve uma reunião abordando este assunto. Sobre as cooperativas e energia solar.

Para abordar esse assunto e para falar das possibilidades, ainiciativa foi do Sistema Ocemg, formado pelo Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Minas Gerais (Ocemg).

Logo, a reunião contou com empresários interessados em reduzir os custos com a energia. Isso possibilitou que empresários tirassem as suas dúvidas de como funciona um sistema de cooperativa e energia solar.

E além de unir a busca por cooperativas para buscar formas de viabilizar a instalação de energia solar nas residências ou estabelecimentos é possível também contar com os financiamentos que são disponibilizados por muitos bancos. Entre eles estão:

  • Financiamento energia solar Santander;
  • Financiamento energia solar Banco do Brasil;
  • Financiamento energia solar Bndes;
  • Financiamento do governo para energia solar;
  • Construcard – financiamento Energia solar;
  • Financiamento energia solar Bradesco;
  • Financiamento energia solar Itau;
  • Financiamento energia solar Sicredi;
  • Financiamento energia solar BV Financeira;

Há muitas vantagens em optar pela energia solar. Enumeramos algumas: 

  • A energia solar é renovável. Isso quer dizer que o calor do sol ainda permanecerá ativo durante alguns bilhões de ano; 
  • É uma forma limpa de produzir energia; 
  • Não são necessárias grandes áreas ou desmatamento para a sua instalação; 
  • Baixa necessidade de manutenção; 

Já sabemos que a implantação de sistemas de geração de energia solar permitirá aos consumidores reduzirem gastos com a conta de luz, além de ser um investimento para empresas de todos os tamanhos e segmentos. Um sistema fotovoltaico dura mais de 25 anos e, na verdade, não há prazo máximo de duração estabelecido.

Não fique se preocupando com o aumento da conta de luz. Invista no sistema de energia solar. Além de diminuir os custos, vai valorizar o seu imóvel.

Para saber mais sobre projetos de energias sustentáveis e possibilidades de linhas de financiamento não deixe de nos escrever.

Assim, os serviços financeiros têm como base incentivar o uso de energia solar no país e contribuir com seus clientes.

Por todos esses motivos, vale a pena você pensar em investir em energia solar em sua empresa.

Para te ajudar ainda mais, nos escreva que entramos em contato com você para sanar as suas dúvidas.

Gostou deste texto? Compartilhe e deixe a sua opinião.

Referência: Ambiente Energia